[Editorial Presença]Opinião - "Raposas Inocentes",de Torey Hayden


Torey Hayden



















Sinopse: Abundance, no estado norte-americano do Montana, foi outrora uma cidade mineira cheia de vida. Agora, porém, assemelha-se mais a uma cidade-fantasma que não oferece quaisquer perspetivas aos seus habitantes. Dixie acabou de perder um filho de e apoia-se numa relação com Billy, um homem que não consegue manter um emprego. Spencer é um ator de Hollywood que se esconde dos paparazzi no seu rancho, mas que não pode fugir da sua relação com o filho, Tennesee. É então que Billy decide pôr em prática um plano que levará estas quatro personagens a confrontar-se com verdades dolorosas acerca das suas vidas.
Raposas Inocentes é um romance intenso, em que a autora do bestseller mundial A Criança que Não Queria Falar reflete sobre as emoções humanas com realismo e consistência.


Opinião: Primeiro livro desta autora! Apesar de já serem vários os livros desta autora publicados no nosso país, ainda não tinha aparecido a oportunidade de ler qualquer um deles, talvez por isso tenha ficado tão impressionada com esta obra. Devo dizer que esta autora tem um talento inato para nos descrever as emoções das personagens de uma forma quase palpável, como se também nós estivéssemos a sentir todos aqueles sentimentos. É realmente incrível, pois nem todas as pessoas têm este talento e mestria.
Tudo neste livro foi uma maravilhosa surpresa para mim, desde a sinopse até à sua história. Tem um conteúdo muito bem desenvolvido e personagens com personalidades fortes e bem construídas. Muitas vezes ao longo da leitura dei por mim com vontade de dar um grande par de estalos à personagem Spencer Scott, um actor de Hollywood com a mania que é melhor que os outros e que trata o seu filho como lixo, outra personagem odiosa é Billy, este poderia ser atirado aos lobos, sem qualquer tipo de perdão, pois ao contrario de Spencer nem sequer é apresentada uma razão para ele ter aquele comportamento psicótico que o faz agredir fisicamente Dixie, de forma repetida e sistemática, só porque as situações não acontecem de acordo com o que ele tinha planeado, por ultimo, mas não menos importante na história, temos Tennesee, o filho indesejado de Spencer Scott, que irá ser muito importante na vida de Dixie. Toda a história se desenrola depois de Billy raptar o pequeno Tennesse e fugir com Dixie e o menino para as montanhas…
Não vou contar mais, pois iria estragar a surpresa, apenas posso garantir que este livro vale cada cêntimo gasto. Aproveitem estas noites frias de Inverno para se sentarem à lareira, com um bom chocolate quente como companhia e este livrinho para passar um óptimo serão de leitura…quem quer melhor receita?

1 comentário:

  1. Adoro Torey Hayden... Mas na minha opinião é que os que ela relatando as suas experiências com crianças são mais atrativos e mais viciantes que os ficcionais.

    ResponderEliminar