[Chiado Editora]Opinião - "Os Filhos de Lúcifer", de Celso Machado


Celso Machado














Sinopse: Quando Lúcifer é condenado por Deus a vaguear por entre a humanidade, jura vingar-se, diluindo nela o seu próprio sangue. Agora, uma guerra contínua entre anjos celestiais e anjos caídos é alimentada pelo ódio. Liana vê-se imersa nessa disputa e é forçada a aceitar todas as vantagens e desvantagens que pressupõe ser uma filha de Lúcifer.
Com a ajuda de Amélia, consegue escapar das garras do arcanjo Haziel e aprende a despertar poderes latentes, entranhados no seu espírito.
No entanto, todo o seu novo mundo se desmorona, devido a uma tragédia provocada por ela, que nunca desejou que acontecesse...


Opinião: Para ser sincera devo dizer que este livro desapontou-me um pouco. Não por ser uma má historia, longe disso, apenas achei que a sinopse não correspondia ao conteúdo da história ou então fui apenas eu que não a compreendi. Achei que logo ao início temos demasiada informação, que torna o livro um tanto pesado desde as primeiras páginas, talvez se o autor tivesse dividido essas informações ao longo do livro este se lesse um pouco melhor. Apesar disso, penso que todo o enredo se encontra bem construído, bem como as personagens e o mundo onde se desenrola a acção.
Normalmente encontra mos o Diabo/Lúcifer ou os seus descendentes como vilões das histórias, neste livro é o contrário, foi Lúcifer que preferiu morrer como humano para continuar a sua espécie, são os anjos que castigam, escravizam e perseguem a linhagem de Lucifer. No começo da história encontramos a protagonista presa no seu próprio caixão, enterrada a vários metros da superfície. Podemos sentir o seu horror e desorientação ao compreender a situação em que se encontrava e então, de repente dois homens salvam-na…É então que a nossa história realmente começa, quando Lianna tem que fazer escolhas que irão mudar a sua vida e também cometer erros. Este é um livro sobre a luta do bem contra o mal, mal esse que não se encontra nas personagens que esperamos. Faz-nos pensar no que realmente é correcto, na verdade naquilo que aprendemos desde o berço sobre Deus e o Diabo…qual será o verdadeiro Vilão desta história?

0 comentários:

Enviar um comentário