[Casa das Letras]Opinião - "Na Sombra do Amor", de J.R.Ward


J.R. Ward



















Sinopse: Em Caldwell, Nova Iorque, a guerra entre vampiros e os seus assassinos torna-se mais sangrenta e perigosa. A única esperança é um grupo secreto de irmãos - vampiros guerreiros, acérrimos defensores da sua raça. E Phury é o mais fiel à Irmandade da Adaga Negra.
Casto e leal, Phury sacrifica-se pela raça, assumindo a responsabilidade de dar origem a toda uma nova geração de vampiros guerreiros que continuará a proteger a raça e a manter vivos os costumes. No entanto, Phury terá de enfrentar a voz interior que o atormenta e combater o vício que o afasta da batalha cada vez mais sangrenta entre vampiros e os seus inimigos. Mas a sua única salvação é um amor proibido que pode condenar toda a raça.
O desejo que Cormia sente por Phury vai muito para além da obrigação e do futuro da raça. Dividida entre a responsabilidade e o amor pelo macho que tem de partilhar com as fêmeas escolhidas, Cormia esforça-se por se conhecer a si própria e salvar o seu amado.


Opinião: Estou sem palavras! Acho que este nem será o momento certo para escrever esta crítica, ou será que é? Bem, vou tentar! Amei este sexto volume da Saga da Irmandade da Adaga Negra, está coberto de emoções e de situações tão reais que nos deixa a pensar. Apesar do ambiente um pouco sombrio, há aquela luz, aquela esperança no fundo do túnel que nos deixa o nosso coração a palpitar pela continuação. O livro é um pouco grande, são cerca de 680 páginas, mas devo confessar que não dei pelo tamanho, mas sim pela qualidade da história. Não é completamente focado no casal principal, Phury e Cormia, mas também em várias sub-histórias que nos deixam completamente deliciadas. Sem querer entrar com spoilers podemos encontrar um Ómega que apesar do seu coração negro também consegue amar, podemos ver o início de uma relação homossexual, mas que nos é descrita de uma forma muito doce, e para culminar temos um nascimento e um reencontro. É um livro carregado de emoções que, não tenho vergonha de o admitir, me emocionou muito no final. Achei aquela cena do mais ternurento que pode haver. Fiquei também muito curiosa em relação ao livro seguinte e também a razão pela qual um certo anjo caído quis ficar em casa do Rei, pode ser que entretanto essa razão seja descoberta.
De qualquer forma, acho que me fico por aqui, não quero estragar-vos a surpresa. Recomendo a todas as meninas que acompanham a série para ler este livro, eles são todos bons, mas achei que este tinha um toque especial…Espero que gostem tanto como eu!

0 comentários:

Enviar um comentário