[Porto Editora] Porto Editora é a mais reconhecida pelos portugueses


Estudo aponta Porto Editora com a marca com maior notoriedade espontânea na categoria “Editora de Livros”
A Porto Editora foi distinguida como “Marca que Marca”, na categoria “Editora de Livros”, pelo Diário Económico e pela QSP – Consultoria e Marketing, na sequência do estudo de mercado realizado no âmbito da iniciativa “Marcas que Marcam”.
O estudo, realizado nos meses de maio e junho deste ano junto de 2496 inquiridos com distribuição representativa por regiões, género e idade em todo o território de Portugal Continental, permitiu aferir que a Porto Editora é a marca com maior notoriedade espontânea quando se fala em editoras de livros.
Este reconhecimento surge no final de um ano em que a Porto Editora deu continuidade à sua estratégia de crescimento na área da literatura, apresentando um catálogo mais rico e diversificado, ao mesmo tempo que manteve a sua política de rigor e inovação na área da edição escolar.
A propósito de inovação, este foi também o ano em que a Porto Editora apostou fortemente nos conteúdos mobile, disponibilizando um vasto catálogo de aplicações para os principais ambientes (iOS e Android) que têm já mais de 600 mil utilizadores – um número que certamente vai crescer com a disponibilização das primeiras histórias infantis para iPad, iPhone e iPod touch, recentemente apresentadas.

0 comentários:

Enviar um comentário