Porto Editora - Palavra do ano 2011



Austeridade lidera, mas charter aproxima-se. E esperança, há? Mais de 6000 portugueses já votaram na Palavra do Ano 2011.

Até 31 de dezembro, todos os votos contam em infopedia.pt
O momento que o país atravessa parece estar a influenciar a escolha da Palavra do Ano 2011, iniciativa da Porto Editora. Até ontem, mais de 6000 portugueses já tinham acedido ao site infopedia.pt (via internet, smatphone ou tablet) para escolherem a palavra que, para eles, marcou este ano.

Neste momento, austeridade é a palavra que recolheu mais votos mas, nos últimos dias, charter, que já está em segundo lugar, e esperança (4.º), têm subido rapidamente.

Eis o top à data de hoje:
1. austeridade
2. charter
3. troika
4. esperança
5. fado
6. voluntariado
7. desemprego
8. sushi
9. subsídio
10. emigração

De referir que a seleção das palavras candidatas é da responsabilidade do Departamento de Dicionários da Porto Editora, que teve como critérios a frequência de uso, a relevância  assumida ou então simplesmente a sua relação com algum tema muito marcante. Esta lista de palavras está disponível no site www.infopedia.pt e é através dessa página que os portugueses podem votar, até ao próximo dia 31 de dezembro, na Palavra do Ano 2011, a qual será conhecida na primeira quinzena de 2012.
Com esta iniciativa, a Porto Editora tem como objetivo principal evidenciar a riqueza e a evolução da língua portuguesa.
De lembrar que, em 2009, a Palavra do Ano foi esmiuçar, tendo os portugueses votado, em 2010, a palavra vuvuzela.

3 comentários:

  1. Votei na palavra esperança amiguinha!! Sim porque temos que ter esperança de um mundo melhor!! Nunca devemos perder as esperanças de realizar nossos sonhos!! Beijinhos fofinhos querida amiga!!

    ResponderEliminar
  2. Acho o máximo a palavra charter estar em 2º ligar, significa que os portugueses ainda tem sentido de humor :)

    Bom natal e boas leituras

    ResponderEliminar