[Papiro Editora] Opinião - D. Luísa Francisca de Gusmão Medina Sidónia ,de Maria do Pilar Vasconcelos


Maria do Pilar Vasconcelos



















Sinopse: Romance de cariz histórico centrado na figura de uma grande mulher, a rainha Luísa Francisca de Gusmão Medina Sidónia. Percorrem-se com facilidade e rapidez as suas páginas leves, feitas de uma escrita pouco rebuscada, quase despretensiosa e simples, mas uma escrita muito precisa na sua aplicação, quer na caracterização das personagens envolvidas quer na descrição sóbria dos acontecimentos relatados. Como mulher de fina educação, de requintada sensibilidade feminil e superior inteligência, está bem munida para escalpelizar sentimentos humanos em profundidade, para perceber e valorizar as influências entre pessoas, os jogos em causa e os seus contextos, também os objectivos que ditam o comportamento de cada personagem que aborda.»


Opinião: A história apaixonante de uma rainha que deu a sua vida pelo seu reino e sua família. Achei maravilhosa a narração deste livro que nos leva até á corte portuguesa entre os anos de 1613 e 1666.
Ao início não estive muito receptiva, pensei que era mais um livro de Historia de Portugal, sem qualquer tipo de substancia, mas fui surpreendida com o calor e afecto que D. Luísa de Gusmão tratava os seus e também pelo força que ela tinha para comandar um país que ainda não estava completamente independente da vizinha Espanha. Não foram tempos fáceis, tanto a nível financeiro como a nível emocional D. Luísa estava um pouco débil, mas a sua vontade de lutar para conseguir alcançar aquilo que queria fazia com que desse pequenos passos rumo ao sucesso. Infelizmente acabou por ter um final um pouco triste, sozinha e desprezada pelos dois filhos varões que se odiavam mutuamente. A única fonte de alegria acabou por ser D. Catarina de Bragança, sua filha que estava casada com o Rei de Inglaterra.
Esta é a história de uma mulher de armas num tempo em que as mulheres ainda eram vistas como o sexo fraco.

0 comentários:

Enviar um comentário