[Editorial Presença] Opinião -"Terraços de Teerão", de Mahbod Seraji

Mahbod Seraji


















Só tenho uma palavra para descrever este livro: Perfeito.
Acho incrível a maneira como tudo é descrito, desde o ambiente, os sentimentos e até mesmo a cultura iraniana. Quando leio um livro, a primeira coisa que procuro é aprender algo novo, seja uma lição de vida ou até uma curiosidade sobre algum aspecto, mas o que encontrei neste livro foi algo que vai mais além…
Vencedor de vários prémios, este livro dá-nos a conhecer um pouco da luta pelo fim de ditadura vivida entre os anos de 1973 e 1974. Foram muitos que morreram nessa guerra, uns verdadeiramente culpados por fazer expiação ao regime do Xá Reza Pahlevi, outros apenas por mero egoísmo e inveja de amigos e vizinhos. Achei muito triste a atitude de certas pessoas, que são capazes de tudo para subir na vida, fiquei revoltada principalmente com uma situação que nos é contada no livro em que um homem fez queixa do sogro só para poder ficar com o património deste. Infelizmente, por dinheiro, as pessoas são capazes de fazer as piores acções. Este também é um livro que se foca no romance entre Pasha e Zari, que no início parecia condenado ao fracasso pois Zari já era comprometida com o “Doutor”, que por sua vez era também amigo de Pasha.
Com todo o respeito pela diversidade de culturas que nos rodeia, achei muito injusto a situação pela qual muitas das personagens tiveram de passar, casamentos arranjados pelos pais, livros proibidos pelo regime, a Burca…
Foi um livro delicioso e também umas horas bem passadas na companhia das suas personagens, espero que leiam este livro e deixem a vossa imaginação voar até ao ambiente vivido nos Terraços de Teerão…

0 comentários:

Enviar um comentário