Novidades Chiado Editora

Colecção: Viagens na Ficção



Titulo:
Do Cacine ao Cumbijã

Autor: Guilherme da Costa Ganança

Páginas: 342

Data de publicação: Agosto de 2011

Preço: 15,00 €




As acções ocorreram, realmente, no espaço e no tempo da narrativa.

A acção decorre desde Outubro de 1967 a Março de 1968 e transporta um jovem de 22 anos para um ambiente repleto de incertezas, audácia e desespero, nas matas da Guiné.

São as memórias de um alferes, salpicadas de momentos de pura ficção. É o desenrolar de sentimentos e emoções.

Juventude e generosidade, medo e coragem, dor e amor, tragédia e sobrevivência misturam-se numa exótica amálgama com o bálsamo das amizades e uma inveterada cultura da auto-estima.

Paisagens, ambientes e interacção com as tradições e gentes locais povoam a narrativa.

A marca do tempo, que custa tanto a passar, é mitigada com nostálgicas recordações e ilusórios propósitos de vida. Na miragem, os «devaneios» adoçam-se com o carinho de uma geração generosa de «madrinhas de guerra».

Gabriel despede-se da sua cidade, da sua família e dos amigos e é levado a mergulhar nas teias da guerra. Valoriza o rigor e o saber, como os melhores aliados da «sorte». Os «tempos livres» revelam-se marcantes para a concretização dos seus próprios desígnios.


Titulo: Memórias de um Liberto

Preço: €13.00

Autor: Ilda Coelho

Páginas: 221

Data de publicação: Setembro de 2011

Preço: 13,00 €



Estas são as memórias sobre uma mulher fascinante, maravilhosamente livre, vivendo de um modo irrepetível, uma vida simultaneamente sublime e cruel. Hipácia é a mulher caleidoscópica que nos conduz através de outros tempos, rasgando os universos do conhecimento, tecendo teias de paixão e de silêncios, de encontros e desencontros.

A escrita ficcional emerge aqui, não apenas com a função de fruição através de uma narrativa solidamente estruturada, numa linearidade fluente e desenvolta, mas também, como registo de memória privilegiada, que se indigna face ao absurdo da violência e da intolerância geradas por situações limite. Situações essas com que, paradoxalmente, tantos séculos passados, o mundo de hoje continua, quotidianamente, a ser confrontado. Este é um romance que entretece na sua trama a mítica cidade de Alexandria, as ressonâncias do saber, o sopro da morte e que fluirá, sem dúvida, no rio de memória do leitor.


Titulo: Anti-Lolita

Preço: €12.00

Autor: Carlos Belindro

Páginas: 163

Data de publicação: Agosto de 2011

Preço: 12,00 €



A primeira noite de amor, que ambiente tão pesado... tantos receios sinto embora sôfrego a dispa e lhe beije o corpo todo sem qualquer inibição. Rebolamos sob um eixo forjado pelo magnetismo da nossa atracção e o calor da paixão é alimentado a uma esperança de que tudo corra bem. Beijo-a e sinto que estou a fazer a coisa certa, beijo-a e não há qualquer hiato para uma dúvida, para uma incerteza, para um desassossego, beijo-a e não temo... Mas os beijos para meu desespero revelam-se curtos e ela parece querer poupar a sua boca carnuda que me enlouquece, que sabe tão bem... tento prolonga-los mas não consigo. «Os meus demónios gritam e em silêncio irrito-me, apetece-me fixar-lhe violentamente a cabeça entre as minhas mãos para a poder beijar à minha maneira.» Mexo-lhe nos seios demasiado perfeitos e ela fica mais à vontade. Os ossos da sua bacia surpreenderam-me, nunca havia tocado em nada parecido, nunca imaginei que pudessem ser tão salientes no bom sentido. Nada de aberrante ali havia, era a normalidade perfeita que eu nunca pensei que me interessasse, mas ao possuí-la, senti-me bem, completo, forte. Enquanto a penetrava e a ouvia em surdina a pedir-me coisas, até de mim começava a gostar: olhava os meus braços suados, com músculos que se destacavam e sobressaiam com aquela meia-luz que ela havia escolhido para nos alumiar a paixão intensa que ali se vivia. Parece que ainda lhe toco...


Titulo: Os Homens

Preço: €12.00

Autor: Ana Maria de Vasconcelos

Páginas: 321

Data de publicação: Setembro de 2011

Preço: 12,00 €



Não quer dizer que não gostasse de me apaixonar novamente, mas pelo homem certo. Em todos os sentidos, e sei que só sou capaz de me apaixonar por quem estiver apaixonadíssimo por mim. Acho que era isso que podia acontecer com o A., paixão de parte a parte, por isso é que tivemos de deixar de nos ver. Por mais voltas que dê, é sempre lá que vou parar, e ele, apesar de bem casado, também não pode estar em contacto comigo pois eu deixo uma marca profunda nele. Eu disse-lhe que fingia que gostava dele. Mas não fingia, era tudo verdade. Mais um passo, maisuma troca de sentimentos e estávamos os dois perdidinhos um pelo outro com uma força doida. Eu disse-lhe que era a fingir, mas estivemos os dois mais na cama um com o outro assim, com essa troca de palavras, do que se realmente tivéssemos estado. Os amores só de cama, só de corpo, são muito menos sérios e violentos do que assim, de espírito, com este envolvimento e entendimento quase sem palavras, que tivemos um com outro. Se eu tivesse procedido de outra forma, se tivesse exigido, procurado, reclamado, teria-me afastado dele, mas assim, sei que fiquei, e gosto disso.



Titulo:Memórias de um Caçador de Vampiros

Preço: €14.00

Autor: Ardo Antas

Páginas: 286

Data de publicação: Agosto de 2011

Preço: 14,00 €


Numa época de luzes em que os seres sobrenaturais são pouco mais do que personagens de ficção para os que nunca com eles se cruzaram, um estranho símbolo foi visto gravado numa Harley Davidson. O símbolo de um grupo de pessoas que declarou guerra a um dos mais antigos mitos da civilização: as criaturas com dentes de sabre e olhar a sangrar, popularmente conhecidos como "vampiros". Mas afinal, o que são eles? De onde vêem? Quais as suas origens? Quais os seus intentos? E, sobretudo, como se combatem? Rick Chambers sabe responder a esta última questão e, quanto às outras, tem fortes suspeitas que partilha nos seus diários de caçador de vampiros. Mas quem é, na verdade, o homem de calças de ganga e botas de cowboy que se desloca numa Harley Davidson em diversos locais com acontecimentos inexplicáveis? O que sabe ele que as restantes pessoas parecem ignorar? Aqui fica a sua visão original do mundo e de duas das espécies que o habitam.



Titulo: Fazendo Nada, Defendendo Coisa Nenhuma

Preço: €13.00

Autor: Júlio Pereira

Páginas: 303

Data de publicação: Agosto de 2011

Preço: 13,00 €



Patrick O'Malley, um aventureiro internacional, preso em Marrocos de posso de um mapa secreto indicando a existência de uma jazida de petróleo no Saara Ocidental, inicia uma fuga aventurosa que o conduz, através do deserto, até aos campos de refugiados de Tindouf, na Argélia, onde toma contacto com as condições de vida dessas populações.

Aí, trava amizade com Américo Borralho, um português ao serviço do Biafra, apoiando a força aérea daquele efémero país, o qual vem a saber que O'Malley persegue ainda o sonho de encontrar a esposa e o filho, abandonados à sua sorte na precipitação final daquela guerra.

Ao longo das páginas deste livro, que combina a realidade com a ficção, o leitor vai conhecendo a história do Saara Ocidental, desvendando as peripécias por que Borralho passou no Biafra e as condições em que O'Malley se viu envolvido numa conspiração internacional para derrubar o presidente de Angola. Ao mesmo tempo assiste à disputa pela jazida de petróleo e ao surgir, nas areias do deserto, de uma cidade protegida por militares que, na realidade, como se verá, ali estão fazendo nada e defendendo coisa nenhuma.
Chegará O'Malley a encontrar a esposa e o filho? Conseguirá Bachir dar visibilidade à lua do seu povo? São questões que intrigarão o leitor até ao final.


Titulo: O Político X

Preço: €12.00

Autor: Luís Ferreira

Páginas: 75

Data de publicação: Agosto de 2011

Preço: 12,00 €



Marinha era uma ilha com autonomia em relação à república de Miranda. O seu presidente, astuto e autocrata, tentava controlar tudo e todos, mas era venerado por quase todos os habitantes daquela terra.

Do outro lado do mar, o primeiro ministro da República de Miranda era um homem obstinado e megalómano que também fazia tudo para controlar tudo e todos. O seu delírio persecutório atingiu o ponto de fazer aprovar em Conselho de Ministros uma lei de Fianças Regionais que reduzia drasticamente o dinheiro a transferir para a Marinha, a pretexto da redução da despesa pública.
A desconfiança entre os dois políticos estabeleceu-se ao ponto de prejudicar o progresso da Marinha.

Ao ler este livro, poderá reflectir sobre a actividade dos políticos em Portugal e no mundo actual; a ligação obscura e intencional entre os políticos e determinados grupos económicos e financeiros; as medidas repressivas que impõem com o objectivo de esmagar as populações e o tremendo sofrimento que impõem à maior parte das pessoas.


Titulo: Governo Sombra

Preço: €16.00

Autor: Casimiro Teixeira

Páginas: 366

Data de publicação: Agosto de 2011

Preço: 16,00 €




Um thriller de conspirações políticas que retrata as vidas paralelas de dois homens; Um, desempregado, com ambições de ser escritor: desistiu da vida e da procura da felicidade, reencontrando-a ao receber uma estranha mensagem de uma amiga, que lhe encomenda a escrita de um livro sobre a sua vida, conduzindo-o numa viagem obsessiva por uma realidade ficcionada sobre um Portugal secreto e sinistro desconhecido por muitos.

O outro, um político empossado à força por um caciquismo familiar. Professor de história por paixão, torna-se secretário de estado por complacência dos interesses do falecido pai. Embarcam numa odisseia mirabolante de enganos e descobertas, na busca da confirmação da existência de uma ordem secreta, os Alquimistas, cujo plano efetivo para o nosso país, consiste no controlo absoluto do seu governo, e no domínio total da vontade dos seus cidadãos.

De Nova Iorque a Bruxelas, e por diferentes locais em Portugal, um atroz destino os espera, nesta história implacável, que mistura passado e presente, cheia de suspense e completamente imprevisível.


Titulo: O Caracol Estrábico

Preço: €11.00

Autor:Sebastião Alves

Páginas: 159

Data de publicação:Agosto de 2011

Preço: 11,00 €




Xana desistiu por fim de repelir as atenções de um celibatário de meia idade que lhe apareceu na loja. Este não imagina a surpresa que o aguarda...

Rodrigo chega a casa angustiado, sabendo que as filhas ficaram sozinhas com a mãe...

Joaquim acorda e descobre que está cego. A sua reacção não é a que seria de esperar...

Emigrado em Inglaterra, naturalizado inglês e pouco orgulhoso das suas origens, António tem de deslocar-se à terra onde, certo dia por engano, a cegonha o depositou.

O velho professor tenta assegurar-se de que está vivo.

Um pai extraviado telefona à filha dias depois de esta receber a herança.

Atormentado pelo reumatismo, há dois anos que o velho caçador não pega numa espingarda. Mas no dia do seu nonagésimo aniversário...

Vendo a bandeira a meia haste, o presidente do Instituto pergunta quem morreu...

Uma esforçada pintora tenta gerir a relação com a sua talentosa mãe. O que poderá impedir um sem-abrigo de atingir a glória?Num lar de terceira idade, a amizade entre um surdo e um mudo é perturbada pela chegada de uma enigmática mulher.

Um jovem cientista tem uma inspiração que pode revolucionar a Física Teórica. Infelizmente, como a História não se cansa de demonstrar, os verdadeiros génios não são apenas uns incompreendidos, são uma raça a abater.


Titulo: Frederico Garcia ou Existência Inacabada

Preço: €12.00

Autor: J. M. Courinha

Páginas: 215

Data de publicação: Setembro de 2011

Preço: 12,00 €




"Frederico Garcia ou Existência Inacabada" conta a história de três amigos da província, das suas vidas, dos seus percursos distintos e fundamentalmente de três naturezas divergentes. Através dos olhos de Frederico podemos avaliar várias formas de percepcionar a existência de cada um, as suas tristezas, alegrias, objectivos, segredos, sonhos e vícios secretos.

A obra pretende ser uma experiência libertadora, pretende mostrar ao leitor que não está amarrado a absolutamente nada, que é dono das suas acções, dos seus mais íntimos devaneios, das suas ideais mais dementes.

Desejo a todos uma autonomia de espírito tão magnífica quanto a do jovem Frederico.


Titulo: Sargos para o Jantar

Preço: €10.00

Autor: António Tapadinhas

Páginas: 92

Data de publicação: Setembro de 2011

Preço: 10,00 €


Cardoso aterra perto de nós. Diz, ofegante: - Juro que não sonhei. Acordei com uma luz a encadear-me os olhos. Logo que me levantei, as luzes voaram em direcção ao sul. Vocês virão, não viram? Alguém me explica o que se passou? - Podemos tentar excluir o que não foi - disse eu. - O que sobrar é a verdade.Um pouco à nossa frente, a terra acaba... e o mar não começa. Algumas dezenas de metros mais abaixo, do fundo da falésia cortada a pique, chegava o som da pulsação do mar. Primeiro, a onda forma-se, um borbulhar de champanhe que se aproxima rapidamente e que atinge o seu clímax, quando se precipita do alto dos seus três metros e, com um estalo de chicote, castiga a areia e arrasta consigo milhões de partículas que, chocando entre si, fazem ouvir o som de todos os sinos do mundo, tocando ao mesmo tempo.


Titulo: O Roncar do Bicho

Preço: €11.00

Autor:Paulo Pereira

Páginas: 156

Data de publicação: Agosto de 2011

Preço: 11,00 €


Após vários anos de sucesso do "non-sense" para "chóninhas"! Eis, que finalmente chegou às livrarias o "non-sense" para adultors. Se fosse possível comparar ao estilo musical "rock", este não seria certamente o "pop chóninhas" nem o "heavy metal badalhoco" é o autêntico e único "hard-rock" da literatura, para pessoas distintas. O único "non-sense" que é carregadinho de "non" desprovido de "sense".

A sátira à nossa sociedade, retratando o nosso modo de ver os outros.

Numa história repleta de aventura e mulheres nuas.

Recentemente galardoado com o prémio "Renova" na categoria da "melhor descoberta depois do papel higiénico" é um autêntico "arrebanha galardões".

MANUAL DE INSTRUÇÕES

1. Na primeira utilização é conveniente seleccionar uma casa-de-banho desprovida de gente, de modo a solucionar a ausência de silêncio.

2. Não atirar as folhas para a sanita, por não ser de papel de degradação rápida.

3. Esvazie a mente e as tripas ao mesmo tempo, de modo a ficar homogéneo.

Ao comprar este livro estará a ajudar a "luta contra a miséria" (a minha...)

0 comentários:

Enviar um comentário